Dietoterapia e Fitoterapia Chinesas

Dietoterapia e Fitoterapia Chinesas

A alimentação é a nossa maior fonte de energia e um dos maiores determinantes da nossa saúde. É a qualidade energética dos alimentos – diferente da qualidade nutricional –  que é analisada pela dietoterapia chinesa.

Os alimentos são classificados de acordo com sua ação sobre a energia com relação a três principais aspectos:

Temperatura: Quente, Morno, Neutro, Fresco, Frio.

Movimento: Para cima, para baixo, para dentro, para fora.

Sabor: Ácido, Amargo, Doce, Picante, Salgado.

A partir da análise energética do cliente, são indicados os alimentos mais adequados à sua condição energética. A dietoterapia chinesa é essencialmente inclusiva e não restritiva.

A fitoterapia utiliza os mesmos princípios e conceitos energéticos aplicados aos alimentos, mas utiliza ervas e plantas com caraterísticas energéticas específicas e concentradas, que tem sido catalogadas e utilizadas há mais de mil anos.

São utilizadas principalmente em desequilíbrios internos, tanto físicos como psicoemocionais. Algumas indicações são:

 

  • Problemas digestivos (azia, gastrite, constipação)
  • Problemas endócrinos (diabetes, disfunção da tireoide, obesidade)
  • Problemas cardiovasculares (hipertensão, angina do peito)
  • Problemas respiratórios (asma, bronquite)
  • Problemas genito-urinários (síndrome da TPM, endometriose, infecção urinária)
  • Alergias e problemas de pele
  • Problemas psicoemocionais (ansiedade, depressão, stress, fobias)
Agende um atendimento de fitoterapia chinesa em Curitiba – Alto da XV
Side Bar